GQR: As maquetes de Allan

terça-feira, fevereiro 03, 2015

Hoje estreamos uma nova coluna no blog. É uma das novidades para este ano. Queremos expandir os assuntos abordados aqui no Eu Rabisco. Bem-vindos ao
 *Nesse projeto, vamos divulgar os trabalhos manuais de alguns artistas. Se você quiser participar envie um e-mail pra gente e nos mostre sua arte. *
Ah, esse mundão tá cheio de gente super talentosa e De Angeli é uma dessas pessoas. Já tem até nome de artista, ó! Chique *-* 
Conheci Allan no ensino médio, em meados de 2007-2008. Nós estudávamos no mesmo colégio {Viva, Prata!}. Ele estudava na sala da minha prima e foi aí que tudo começou. Mas só uns meses atrás eu descobri um super talento dele e é sobre isso que vamos conversar hoje.
Sigam-me os bons!



Antes de começarmos, eu gostaria de agradecer em nome da equipe do Eu Rabisco a oportunidade de poder entrevistá-lo. Obrigada, Allan! *-*

1. Gostaria que você falasse um pouco sobre você, o que faz da vida, idade e tudo mais.

Olá pra todos. É um prazer enorme pra mim está participando dessa entrevista e poder falar um pouco de mim e de um dos meus ''hobbies'' preferidos.
Meu nome é Allan de Angeli, tenho 24 anos, solteiro e por enquanto só trabalho, mas no momento estou desempregado. Pretendo cursar arquitetura. Sou uma pessoa alegre e de bem com a vida. Embora seja um pouco ''caseiro'', gosto muito de fazer amizades.

Tem até luz!


2. Como começou o seu interesse por essas belíssimas obras com palitinhos de picolé?

Tudo começou quando eu tinha mais ou menos 5 anos de idade, quando ganhei uma casinha de palitos de picolé de uma amiga da minha mãe, e na ocasião, embora a pouca idade, eu achei o presente muito interessante já que se parecia muito com uma casa de verdade, inclusive parecia com a casa da mulher que me presenteou.
Não diferente de muitas crianças, eu era muito curioso e queria saber como as coisas eram feitas e como funcionavam, então eu desmontava meus brinquedos só pra ver como era por dentro ou como funcionava e depois montava novamente, e com a casinha não foi diferente, eu queria saber como era ela por dentro e como foi feita, mas infelizmente eu não pude matar a minha curiosidade. Por algum motivo, que eu  não me lembro qual, cheguei a me separar do meu querido presente ao qual eu brincava e admirava todos os dias, então eu guardei essa curiosidade por cerca de 13 anos, foi quando por volta do ano 2008 resolvi fazer a minha primeira maquete e, então, descobrir sozinho como era uma casinha de picolé por dentro. A princípio foi uma maquete bem simples parecida com uma casinha de sítio, mas aquele seria apenas o ponto inicial de muitos outros que ainda viriam.



3. Quais são suas influências? Há artistas em que você se inspira?

Infelizmente, não conheço ninguém pessoalmente que faça esse tipo de artesanato, então não tenho muito em quem me ''espelhar'', mas costumo dizer que não estou nessa sozinho, afinal, tenho a maior fonte de inspiração do universo, o Senhor meu Deus que me ilumina a cada projeto, desde a planta baixa até o acabamento.

Que coisa mais fofaa ♥

4. Quanto tempo você demora para construir uma maquete?

Depende muito de diversos fatores. Por exemplo: tamanho da maquete, complexidade do projeto, número de pavimentos, etc. A maquete mais rápida foi a primeira, que levou apenas 1 dia para ser concluída, enquanto a mais demorada levou 16 dias.


5. Que outros materiais você usa, além dos palitinhos de picolé?

Além das ferramentas necessárias usadas em todo a confecção da maquete como canetas, régua, lixa, tesouras, faca, estilete, navalha, alicate, grampeador, pincel, etc, ainda tenho como material indispensável papelão, papel cartão, papel madeira, acetato (em alguns casos), fita de empacotamento, fita isolante, tinta para artesanato, cola de madeira, cola de isopor, super cola, miniaturas e palitos de madeira em diversos formatos.





6. Como funciona seu processo de criação? Vem ideia do “nada” ou você sempre planeja tudo antes de pôr a mão na massa?

As ideias sempre vem de algo concreto, real. Todas as minhas maquetes foram baseadas em algo que realmente existe, seja uma casa, um quiosque de praia, um trailer ou até mesmo um circo. O processo de construção se dá da seguinte forma: eu vejo uma casa e me interesso pelo modelo, então com permissão do dono tiro o máximo de fotos que puder, de todos os ângulos e detalhes possíveis, depois passo para o papel todas as informações que vou precisar, como área total da maquete, dimensões das paredes (laterais, fundos, fachada, chaminés, etc), quedas d'água, quantidade e disposição das portas e janelas e outras informações necessárias. Essa é a parte teórica, depois vem a execução que consiste em desenhar os moldes, recortá-los, cortar os palitos e lixá-los, colar nos moldes, depois montar tudo e por fim fazer o acabamento.
(*dependendo da complexidade da maquete o acabamento pode levar até 2 dias)



7. Por último, gostaria que você deixasse um conselho para o pessoal que está começando nesse mercado.

O meu conselho para quem quer entrar no ramo do artesanato, ou em qualquer outro ramo, é que tudo que você for fazer faça com amor, nunca pensando exclusivamente em reconhecimento, fama ou dinheiro, mas com amor pelo que se faz e essas outras coisas serão apenas consequências da sua dedicação.



Gente, espero que tenham gostado de conhecer Allan e seu trabalho. É tudo muito lindo. E, Allan, obrigada por participar e pela paciência (hahaha). Volte sempre que quiser.

Desde já me despeço de todos deixando o meu forte abraço. Foi um prazer imenso participar dessa entrevista e poder compartilhar um pouco da minha história. Desejo tudo de bom na vida de todos e que Deus nos abençoe sempre. {palavras de Allan}

E esses são os contatos dele:
Celular (claro) e whatsapp: (83) 9122-4911
Celular (tim): (83) 9600-8382
E-mail: allan_deangeli@hotmail.com

Talvez você goste

3 comentários

  1. Parabéns Allan! Você é um artista, cara.
    Parabéns ao blog por nos apresentar esse artista nordestino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, ele é um artista mesmo. Que bom que gostou do post.
      Obrigada por nos visitar :)

      Excluir
    2. obrigado pelo apoio amigo anônimo :)

      Excluir

Facebook

Blogroll

  • Últimos vídeos